27.3.07

(actualizado) Uma ou duas ideias sobre o programa

Todos os dias (excepto quando há alguma emissão especial), entre as 14h e as 16h30, a TSF propõe três temas aos ouvintes num espaço de informação claramente alternativo à actualidade noticiosa.
Na primeira e na segunda horas os temas escolhidos pretendem dar a conhecer pessoas, instituições ou tendências de que não se fala (ou se fala muito pouco). Por isso se diz, como ideia de suporte ao programa, que «podia ser notícia». E que, mais cedo ou mais tarde, esses temas haveriam de ser notícia.
Na terceira parte a ideia é divulgar uma sugestão; de preferência, algo que possa pôr os ouvintes a mexer, a fazer, a ir. Um passeio, uma prova, um curso. Mas sempre, também, numa perspectiva que se pretende ao mesmo tempo divulgadora e alternativa.; assim foi na primeira temporada; nesta segunda, falamos de gastronomia, de culinária, de produtos tradicionais, de cursos e livros de gastronomia. De «comes e bebes».
As entrevistas são realizadas em directo, em qualquer um dos estúdios da TSF (Lisboa, Porto - onde estou -, Faro ou Açores e Madeira); só muito excepcionalmente serão feitas através do telefone ou gravadas.
O primeiro programa foi emitido no dia 2 de Outubro de 2006 e o último da primeira temporada a 29 de Junho de 2007. A segunda começou a 17 de Setembro de 2007.

Neste blogue os ouvintes do programa podem encontrar informação sobre o programa do dia seguinte (porque as colocamos na véspera) ou sobre programas passados, sobre os temas e os convidados (por exemplo os seus contactos) e deixar comentários ou fazer sugestões. É uma forma de aumentar a relação (quando for possível, também colocaremos os arquivos sonoros). Além do blogue os contactos podem ser feitos para maiscedo@ tsf.pt ou para o 222062800

11 comentários:

Leonel Vicente disse...

Parabéns pela iniciativa!

FL disse...

Este programa é uma bela companhia enquanto trabalho. Parabéns.

MANHENTE disse...

Caro João Paulo Meneses:

Muitos parabéns pelo seu programa; e para a TSF, que o suporta.

É no mínimo louvável que se dê voz ao muito que de bom e de diferente se vai fazendo por este país fora e que é "amordaçado" por prioridades políticas e mediáticas discutíveis.

Espero que possa continuar por muito tempo.

Boa sorte.

Cumprimentos,
Rui Cardoso

Tânia disse...

Sou fã incondicional. Só tenho pena de não conseguir ouvir todo o programa, diariamente, por motivos logísticos, mas consigo sempre ouvir uma parte considerável. Aliás, foi o seu programa que me deu a ideia para um blog "utilitário", digamos, e que, parece-me, tem tido alguma utilidade.
Parabéns!!

A Reguengos disse...

Tenho pena de não poder ouvir mais vezes o seu programa, mas sempre que posso faço-o. Aliás, acompanho bastante a transmissão da TSF.
Sugeria-lhe a possibilidade de efectuar um programa sobre a futura Travessia do Tejo Barreiro-Chelas. Sou um dos fundadores do movimento Comissão de Apoio á Terceitra Travessia do Tejo Rodo-Ferroviária Barreiro-Chelas.
Temos uma petição on-line em www.petitionnoline.com/tttbarr/ e um blog em terceiratravessiatejo.blogspot.com.
Cumprimentos

Krold disse...

Mais um a agradecer a companhia e a qualidade do programa. Aprecio-o imenso a si, caro João Paulo Meneses, de outros programas e intervenções diversas na nossa TSF. Continue. Um abraço amigo.

proartezejoao@mail.pt disse...

Gosto do programa,oiço diáriamente.
Na entrevista aos portugueses na Islandia achei que apenas faltou(plo menos não ouvi)perguntar a respeito da língua que se fala em geral,e qual a adaptção que os entrevistados tiveram no que concerne às dificuldades do dia a dia.
Obrigado.

Anónimo disse...

É possível fazer o download audio de um determinado tema? Como proceder?

Abel

miladesintra disse...

Gostava de sugerir um nome: Dr. José Madeira, prof. na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.
Este professor há 20 anos, quando ainda era estudante descobriu na Praia Grande, uma jazida com pegadas de dinossaurio que sempre e até hoje estão ao abandono. Como penso que é uma descoberta pouco falada, gostaria que o João Paulo Meneses entrevistasse este geólogoe que mais uma vez sublinasse a importância do nosso património tão mal tratado.
Continuação de boas conversas.

Anónimo disse...

Parabens pelo programa.
Sugeria uma entrevista com os elementos responsáveis pela Escola de Cães Guia de Mortágua.O trabalho de toda esta equipa é altamente meritório e nunca é demais trazer a público o esforço e empenhamento de quem proporciona a algumas pessoas a possibilidade de alguma autonomia através dos olhos de um cão.

Anónimo disse...

Parabéns, uma sugestão, programa de saúde oral da Maia o RINAMAIA, deveriam falar dele...é original e eficaz! Podiam agora fazer uns programas sobre Univeridades, publicas e privadas, está na hora de começar a pensar no próximo ano lectivo!
Até breve e sempre ao inicio da tarde