22.4.08

23 de Abril de 2008

14h - 15h: Muito provavelmente já viu o trabalho da TIM w.e. - uma empresa que produz conteúdos multimédia para telemóveis, Internet e televisão (produz música, jogos, imagens, vídeos e serviços de texto). A TIM w.e. trabalha com mais de 200 operadores em todo o mundo (o que se traduz em dois mil milhões de clientes), em Portugal trabalha com a TMN, a SIC e a TVI. Mas na carteira de clientes e parceiros estão pesos pesados como a Telefónica, T Mobile, Vivo e Orange e empresas como a Sony/BMG, a Warner e a EMI.
A TIM w.e. tem escritório em 22 países e no ano passado facturou 70 milhões de euros.
Esta empresa foi uma das seleccionadas para a final do Prémio de Empreendedorismo atribuído pela Ernest & Young. Vamos conhecer o trabalho da TIM w.e. com Diogo Salvi, um dos fundadores desta empresa.

15h - 16h: Assinalam-se esta semana os 25 anos do Código do Direito Canónico (1983-2008) e Fátima recebe, de amanhã até sábado, as XVI Jornadas de Direito Canónico. Antes, o presidente do Instituto Superior de Direito Canónico, Pe. Saturino Gomes, vem à TSF explicar para que serve o direito canónico e falar dos deveres e direitos dos fiéis, da nulidade (ou divórcio?) do matrimónio na Igreja ou dos tribunais eclesiásticos.

16h - 16:30h: Hoje vamos falar sobre flores comestíveis a propósito de um curso que vai realizar-se na Fundação de Serralves, no Porto. O objectivo é ensinar os participantes a identificar flores comestíveis do jardim, do campo e da horta e saber utilizá-las em entradas, saladas, pratos quentes e frios diversos, e sobremesas . O formador, José Pedro Fernandes, também irá falar sobre a história, o cultivo, a colheita e a preparação das flores.
Esta iniciativa vai realizar-se no dia 5 de Maio e está integradada no ciclo À volta dos jardins.
José Pedro Fernandes vai estar na TSF.

1 comentário:

pedro figueiredo disse...

POR UM RIO PAIVA VIVO

ASSINA A PETIÇÂO on-line


http://www.petitiononline.com/RioPaiva/petition.html



o rio PAIVA é de todos, o rio Paiva é dos nossos vindouros. Todos devemos lutar pela sua concervação.